Kate Middleton maternidade saúde mental
Notícias

Kate Middleton fala sobre maternidade e saúde mental

Kate Middleton fala sobre maternidade e saúde mental

Na última quinta-feira (23), Kate Middleton fez um discurso forte e tocante sobre a maternidade e saúde mental no lançamento do filme Out of the Blue (a expressão em inglês refere-se a um acontecimento inesperado, algo que ocorre sem um aviso ou preparação), promovido pelo projeto social Best Beginnings.

O discurso, além de emocionante, foi revelador, mostrando mais uma vez que a princesa não se preocupa em encobrir suas dificuldades pessoais. Kate sempre procura se colocar de forma clara e simples, exercendo um grau de empatia difícil de encontrar na sociedade em geral, que dirá entre a nobreza. Por tudo isso, fiz questão de traduzir e legendar o discurso. Segue vídeo e transcrição do mesmo.

“Pessoalmente, ser mãe tem sido uma experiência maravilhosa e recompensadora. Entretanto, há momentos nos quais a maternidade é um enorme desafio. Até mesmo para mim, que tenho em casa um suporte com o qual a maioria das mães não pode contar.

Nada pode te preparar realmente para a experiência esmagadora que é tornar-se mãe. É uma experiência repleta de emoções complexas como alegria, exaustão, amor e preocupação, todas juntas. A nossa identidade muda do dia para a noite. Você deixa de pensar primeiramente em si mesmo, em sua individualidade, para de repente ser mão em primeiro lugar e na maior parte do tempo. E ainda por cima não há manual de instruções, não há certo ou errado. Você só precisa ir praticando e fazendo o melhor que você puder para cuidar da sua família.

Para muitas mães, e eu me incluo aí, isso pode por vezes, levar a falta de confiança em si e gera sentimentos de ignorância. Infelizmente, para algumas mães essa experiência pode ser ainda mais difícil diante dos desafios relacionados à sua saúde mental. 2 em 10 mulheres vão passar por problemas mentais que podem ocorrer durante a gravidez até um ano após o parto, muitas vezes nublando sentimentos de alegria com uma verdadeira sensação de escuridão e isolamento.

Muitas dessas mulheres também sofrem em silêncio, sufocadas por sentimentos negativos, mas também com medo de admitir o que estão enfrentando, por terem medo do que os outros vão pensar.
Parte desse medo advém da pressão para ser uma mãe perfeita, fingindo que mantemos tudo com perfeição e amamos cada minuto da maternidade. É correto falar sobre maternidade como uma coisa maravilhosa, mas também nós precisamos falar sobre estresses e tensões. Está tudo bem não achar a maternidade algo fácil! E pedir ajuda não deveria ser visto como sinal de fraqueza.

Se algum de nós tiver febre durante a gravidez, vamos pedir conselhos e apoio médico. Pedir ajuda para a nossa saúde mental não é diferente. As nossas crianças precisam que cuidemos de nós mesmas e procuremos a ajuda de que precisamos.

Conversar é crucial, crucial para a manutenção da saúde mental, e deveria fazer parte da rotina familiar diária.
Falar sobre o problema com um amigo ou outra pessoa de confiança pode ser o ponto de partida rumo à melhora.

Nessa semana, quando estamos ansiosos pelo dia das mães, eu adoraria ver todos celebrando e valorizando a importância fundamental do papel da mãe na vida familiar.

Mães assumem a esmagadora responsabilidade de cuidar de suas famílias. Seu papel é vital e provê amor incondicional, cuidado e um lar acolhedor, particularmente nos primeiros anos de desenvolvimento infantil. Portanto, devemos fazer tudo o que pudermos para apoiar e valorizar seu duro trabalho.”

Faça parte da minha lista VIP e receba conteúdos exclusivos e gratuitos! Clique aqui.

Aproveite para se inscrever no meu canal do Youtube, sempre posto novidades por lá!
Beijo grande!

Chá de Bebê
Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply