Como foi viajar com a cria pela primeira vez! (Relato de mãe).

Pra começar, foi MARAVILHOSO!

Ái… eu estava precisando dar uma viajada, mudar de ares, sair da rotina, ficar de férias, de pernas pro ar (quase isso! nem tanto! rs), conhecer lugares… ah… nostalgia… ah… i’m dreaming…

Vamos lá! Começar pelo começo… kkkk!

Primeiro de tudo: a expectativa da viagem. Não foi uma viagem super programada, na verdade, fomos na ponga de um casal de amigos, que estavam indo pro Ceará, de férias, e nos convidou. O maridão aceitou o convite, deu um jeitinho no trabalho para aproveitar as férias vencidas e lá fomos nós, curtir nossa primeira aventura a três (quer dizer, a cinco, porque somaremos o nosso casal de amigos nesta jornada, afinal, fizemos quase tudo juntos por lá…)

Como eu tenho aquela personalidade que adora planejar (pra não faltar nada, porque quando falta, nem sempre consigo me virar, e fico nervosa… kkkk!) Fiz uma listinha básica com o que eu tinha que levar e o que não poderia faltar de jeito nenhum, tipo: protetor solar pra 12 dias, sling, chapéu, bóia, comidinhas e snacks, entretenimento (tablet, revistinha, giz de cera, brinquedos de praia etc) e mais uma porção de coisas.

Deu certo! Não faltou nada de importante!

A viagem foi de avião, pela primeira vez com a cria, com 2 anos e 2 meses. O que incomoda numa viagem de avião é: aterrissagem, em primeiro lugar; decolagem em segundo; e tempo de viagem, em terceiro.

A viagem BA/CE é relativamente curta, acho que foi algo em torno de 1h e 40 min. A subida e a descida do avião incomodam demais os ouvidos e geram uma sensação estranha de pressão no peito e tontura. Eu senti isso e creio que ela também. Sendo pequena, chorou e não gostou muito destes momentos. Durante o vôo ela esteve mais tranquila. O desafio era entretê-la, porque não dormiu hora nenhuma e queria ficar livre correndo pelos corredores, o que não ía dar muito certo, convenhamos!

Seguramos, cantamos, brincamos, desenhamos, assistimos trezentos mil desenhos no tablet, comemos balinhas e, mesmo assim, o tempo não passava… kkkkkkkkkkkk!! Quando chegamos foi um alívio enorme! 😀

Para nós, que moramos no interior, temos que somar o tempo de viagem para a capital, o tempo de espera no aeroporto e mais o tempo de viagem dentro do avião… é… chegamos cansadinhos por lá (Fortaleza), chegamos à noite e ficamos pelo Hotel mesmo. Cama, banho quente, tv fechada, comidinha no quarto… bom demais chegar e poder descansar…

Chegamos alguns dias antes dos nossos amigos e fizemos programações mais simples, esperando estar com eles para fazer os melhores passeios.

Os passeios foram:

  • CANOA QUEBRADA;
  • PRAIA DAS DUNAS;
  • PRAIA DAS FONTES;
  • MORRO BRANCO;
  • LAGOINHA;
  • BEACH PARK;
  • PRAIA DO FUTURO;
  • MERCADO CENTRAL;
  • SHOW DE HUMOR- LUPUS BIER.

Eu curti mais os passeios pelo litoral. Praias muito bonitas, muito turista brasileiro, comida gostosa com frutos do mar, sol, praia, lagoa, passeio de bugre, dunas…

O Beach Park é bem legal, mas o tempo é curto e tudo muito caro. Tem um espaço para crianças menores (tipo: eu fiquei lá o tempo todo com a cria, enquanto o maridão e os amigos curtiam os toboáguas adoidados!)

É muito sol, gente! Realmente é a terra do sol (escaldanteeeeeeeee!)

Todos nós ficamos no mesmo hotel. A vista do nosso quarto era linda de morrer, vista pro mar, no 13 andar, com varanda (que vivia trancada e com a chave escondida, por causa da pequena!)

O café da manhã delicioso todos os dias, piscina…

Falando nisso, nossa rotina era: acordar cedo, tomar café e ir pra piscina (chato, né?) Isso virou rotina incorporada na cabeça da cria, que curtia aquela piscina gelada como se fosse a maior maravilha do mundo ( e os pais atrás, dentro da piscina-gelo, pra poder acompanhá-la… faz parte…) Havia vezes em que tínhamos que revesar o café da manhã, porque quando a pequena via a piscina… tomar café era segundo plano ( e o local do café era de FRENTE para a piscina, então… ehhhhhhh… tchibum, água gelada na consciência e pronto!)

Bem verdade que, tinha momentos em que, eu e meu esposo, tirávamos no par ou ímpar quem iria travar aquela tarefa, sem um pingo de vontade (de sair de uma cama quentinha, pra entrar numa piscina geladíssima às 7 da matina… mas tudo bem… FÉRIAS! ÊEEEE!)

As viagens pro Litoral leste/ Oeste foram bem legais, exceto, o fato de a gente passar umas 2/3h dentro de um minibus (com criança). Mas valia a pena, as praias eram lindas e o sol esteve presente em todos os momentos! 😀

Gente, ao final de 12 dias, nós já estávamos morgadões, essa que é a verdade! E o vôo de volta atrasou bastante… de brinde! kkkkkkkkkkk!! Quando chegamos em casa… já estávamos com saudade de tudo que aconteceu nas férias, mas com um sentimento de felicidade por chegar em nosso cantinho…

Eu amei viajar! A experiência foi ótima! Foi interessante e desafiador! Curti! 😀

(Paula Peixoto- Blog Mama Lumen)

http://mama-lumen.blogspot.com.br/

_______________________________________

Dica: Ganhe presentes para seu bebê fazendo também o Chá de Bebê Online. Seus amigos irão adorar conhecer sua lista.
Veja as sugestões de listas de Chá de Bebê e faça a sua gratuitamente. Experimente fazer aqui o seu Chá de Bebê e me conte o que achou.

 

Vamos discutir este conteúdo? Deixe um comentário