Meu sonho era ter um parto normal…sonho passado de gerações, onde minha biza, avó, mãe, pariram naturalmente…

Minha gravidez foi extremamente tranquila, poucos enjoos, muito sono, trabalhei até 01 semana antes do parto…estava tudo pronto, minha DPP era 20/06/2012, e no dia 14/06 uma quinta-feira, comecei a sentir contrações, leves, porém a ansiedade …pelo ultimo ultra ela já estava encaixada, barriga baixa, então eu estava tranquila, meu PN estava chegando! Pura ilusão…

Fui ao hospital com meu marido e minha sogra, estava com 01 cm. de dilatação, a médica pediu que eu voltasse pra casa, descansasse, e que se nada mudasse deveria voltar no sábado, dia 16/06…e nada mudou…

No sábado fui novamente ao hospital e ainda estava com 02 cm. de dilatação, e como eu informei a médica o meu desejo do PN, fui orientada a ficar em casa, pois ainda levaria tempo.

No domingo, dia 17/06 pela manhã, minhas contrações estavam de 7 em 7 minutos, eu não conseguia dormir, não conseguia relaxar, estava com dores nas costa e incomodada, porém aguentei firme e só voltei ao hospital as 19:00hs, fui internada com 04 dedos de dilatação, num pré-parto sozinha…isso mesmo, o hospital alegava que não poderia ficar ninguém comigo, pois poderiam chegar outras mães…hoje com o meu conhecimento sei dos meus direitos e que eu tinha sim direito a um acompanhante.

A médica receitou o bendito sorinho (que hoje também eu negaria) e isso aumentou muito minhas dores e incomodo, eram facas entrando na minha coluna e eu mal conseguia respirar…

De vez enquando meu marido ou minha mãe entravam no quarto escondidos para ver como eu estava, mais logo aparecia uma enfermeira pra pedir pra sair!

Me negaram água…eu estava cansada, com fome…exausta…sozinha! Era eu e minha filha!

De madrugada a médica passou, me examinou e eu estava com 06 cm. ela estourou minha bolsa, me receitou um banho para relaxar e disse que agora seria rápido…

Lembro perfeitamente quando olhei no relógio e eram 04:50 da manha, a médica entrou, 08 cm…me pediu para fazer força pra ver se a bebê estava descendo…e nada…as 05:00 da manhã ela me mandou pra cesariana, pois minha cria havia desencaixado.

Chorei muito, estava frustrada, cansada…no centro cirúrgico meu marido entrou pra assistir o parto…ela nasceu as 05:23 da manhã do dia 18/06/2012…roxinha e com um afundamento parietal devido a mudança de posição, como ela virou a cabeça conforme eu fazia força ela encaixava no osso da minha bacia e aquilo amassou a cabecinha dela, isso me tortura até hoje, pois acho que se eu não tivesse insistido tanto no PN, isso não teria acontecido…

Os médicos fizeram diversos exames, físicos, neurológicos, tomografia…ela era perfeita…só tinha um defeito no crânio, um afundamento…

Com 05 dias o neurologista fez a cirurgia…”é como desamassar uma latinha” dizia ele…só que ele não se atentou que a “latinha” era a cabeça da minha filha de apenas 05 dias de vida…

Hoje ela tem uma cicatriz de 02 anos e 04 meses…minha perfeição…meu maior e melhor amor, meu coração do lado de fora do peito que bate com um pedacinho da cabeça sem cabelo!

Talvez eu tinha que passar por isso…mas, se eu não tivesse?! E se?!

Não sei…

Meu sonho continua…quem sabe um PN!

Nesse caso a cesariana salvou minha filha…sou contra cesariana desnecessária…e totalmente a favor da cesariana necessária!

 

Mãe da Ana Lívia…ela sim é meu sonho realizado…


_______________________________________

Dica: Conheça tudo sobre Chá de Bebê. Lembrancinhas, Decoração e muito mais. Veja aqui as melhores dicas sobre Chá de Bebê e me conte o que achou.

 

Vamos discutir este conteúdo? Deixe um comentário