19059410_1760210814270116_7788179999083996223_n
Parto

As contrações são você

Nem mais fracas nem mais fortes, as contrações são suportáveis por serem parte de você. Expressão mais clara da sua própria força.

Isso assusta, muitas vezes.

Começam tímidas, lá pelo sétimo mês de gestação, deixando a barriga bem redondinha e provocando desconforto na pelve algumas vezes, nada de dor ainda nesse momento.

Mais tarde, próximo ao parto, elas começam a mudar.

Curtas de duração e bem doloridas, com enormes intervalos (uma a cada hora, ou algumas seguidas e depois param espontaneamente)
Ou longas com intervalos curtos (1 minuto de duração e 3 de intervalo = trabalho de parto ativo!)

Como você pode lidar com suas contrações?

1: Encare o seu Medo, lembre que elas são essenciais para que seu bebê nasça e é importante que venham e sejam fortes para que isso aconteça

2: Respire profunda e pausadamente, Yoga e Pilates durante a gestação podem dar o treino e ritmo certos para esse momento. Quanto mais profundamente respirar mais você irá soltar as tensões musculares e aliviar as dores.

3: Se puder, tenha uma Doula ao seu lado. Ela irá de ajudar a se acalmar e focar no que realmente importa a cada momento e te lembrar que você é capaz e forte o suficiente.

4: Abuse da água quente, vão te ajudar a relaxar e aliviarão muito a sensação das contrações

5: Rebole, faça círculos grandes com os quadris, pequenos, vá para frente e para trás… Não importa. Deixe seu corpo te mostrar quais são as posições e movimentos melhores para aquele momento, mesmo que você não acredite em mim agora vai saber e sentir exatamente como deve ficar.

6: Vocalize, soltar o ar relaxando a garganta com sons de “As” ou “Os” são ótimos para aliviar as contrações mais intensas e vão te ajudar a mudar o foco, ao invés de pensar na sensação vai prestar atenção no som que estará fazendo

7: Evite ficar deitada, costuma ser a posição mais desconfortável para se estar quando se tem contrações. Diferente da cólica menstrual, as contrações não vão passar com um comprimido, o melhor remédio é sua participação ativa na expulsão do bebê.

8: Você quer gritar? Grite!
Quer gemer? Ótimo!
Quer rebolar? Tenha apoio
Você precisa de um tempo para descansar? Deixe que seu corpo descanse, tenha por perto quem te ajude a relaxar.

As contrações duram no máximo 60 segundos cada uma, é um tempo curto, não acha?

8: Converse sobre como se sente antes do parto.
Existem duas escolas muito antigas sobre o parto sem dor, uma delas afirma que quanto mais segura a mulher se sentir mais fluído será o parto, isso envolve equipe, ambiente, acolhimento. O medo gera tensão muscular, que por sua vez gera mais dor. A ansiedade pode ser um alerta já na gestação que você não se sente segura com um ou mais pontos, é bom resolver essas questões antes do parto em si.

Parir dói, mas nunca mais do que podemos suportar é a nossa própria força. Seu próprio poder escancarado para você e todo mundo ver. Isso assusta, mas você É CAPAZ.

O que atrapalha mesmo no parto é o medo/angustia alheio, falta de apoio, intervenções desnecessárias e desrespeito às vontades da mulher.

Chá de Bebê
Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply