Browsing Category

Diversão e Relaxamento

massagem para gestantes
Diversão e Relaxamento, Doula

Massagem reduz tempo de duração de parto

Acompanhar a mulher durante a gestação e parto é muito mais que uma função ou profissão, é sem dúvida um dom acompanhado de muito estudo.

 

E não existe coisa melhor do que massagem de doula.

Durante a gestação

  • Auxilia no relaxamento
  • São profissionais que conhecem a fisiologia do parto e que não realizarão manobras que interfiram no bem estar mãe-bebê
  • Conhecem os pontos de maior tensão e como aliviá-los
  • São capazes de orientar acompanhantes e parceiros em como aliviar as tensões também em casa
  • A doula pode realizar as massagens juntamente com exercícios de respiração e aromaterapia para potencializar os resultados
  • Ajudam a diminuir inchaços, muito comuns no terceiro trimestre

Durante o trabalho de parto e parto

Nem toda mulher gosta de ser tocada durante o trabalho de parto, isso é importante sempre lembrar, mas para quem gosta um estudo global (Klaus & Kennel, 1993), aponta  que a presença da Doula no trabalho de parto traz benefícios eficientes também para a redução de 60% nos pedidos de analgesia peridural.

  • Auxilia no alívio das dores durante o trabalho de parto
  • Proporciona relaxamento e diminuição da ansiedade
  • Auxilia no bom posicionamento do bebê
  • Aumenta o vinculo entre o casal (em vista que os movimentos são ensinados também ao acompanhante)
  • Podem auxiliar na redução do tempo do trabalho de parto (mãe relaxada, trabalho de parto fluído!)

 

Durante a Amamentação

As mãos de fada auxiliam até nesse momento único, apesar de pouco falado sobre o assunto a doula pode também auxiliar a tornar mais fácil e prazeroso essa fase quase esquecida durante a gestação.

  • Pode ensinar a mãe massagens de alívio de dores nas mamas
  • Auxilia na ordenha
  • Pode ajudar a aliviar tensões musculares em braços, ombros e pescoço. Além de indicar posições favoráveis para que elas deixem de existir.

 

Não é a toa que as Doulas são conhecidas por suas mãos de fada <3

 

tobogã de bebê
Diversão e Relaxamento, Parto, Trabalho de Parto

A diferentona: Tobogã de bebê

Quem é que engravida e pensa imediatamente “Nossa quero um trabalho de parto beeem longo, umas 30 horas. Assim posso ouvir toda a playlist que eu fiz, comer todas as minhas guloseimas preferidas, dá para ficar na piscina, na cama, banqueta… ai vai ser demais!”

Eu, particularmente, ainda não conheci. ~mas se você é dessas se manifeste!~

O que acontece que a gente engravida já sonhando em ser a diferentona do parto, a tobogã de bebê, aquela que espirrou e bebê saiu voando praticamente. Único problema que essa meta é bem mais difícil de ser atingida. Querida leitora, se é seu primeiro parto, escreva esse sonho lindo de parto quiabo em um papelzinho bonito e guarde em uma gavetinha, depois do seu parto real você vai lá e lê esse papelzinho, aposto que irá rir muito ainda…rs

Lembra que segunda eu falei aqui: “Cada parto tem seu tempo para durar, cada minuto é importante, cada contração é importante”

Mas tem algumas coisas que podemos fazer para manter fluidez e tranquilidade do trabalho de parto, lembre sempre de manter as posições pelo tempo de 3 contrações pelo menos.

  • Deambular: andar com o quadril bem solto rebolando bastante
  • Respiração profunda e pausada:  inspira em 5 tempos, segura 5 tempos e solta em 5 tempos
  • Posição de 4 apoios (muito carinho e cuidado com os joelhos)
  • Posição de 4 apoios mas com braços dobrados sob a superfície e cabeça deitada sobre eles, quadril bem solto e para cima
  • Uso de Reboso nos quadris
  • Deitada de “ladinho” a mãe pode também com a ajuda de alguém apenas levantar a perna que está por cima, trazendo levemente para frente, durante a contração. Depois abaixa a perna e descansa um pouquinho até a próxima.
  • Depois de cada mudança de posição faça círculos com o quadril, para ajudar a relaxar todos os músculos, preste atenção em como eles ficam quando tensos e quando relaxados e ao perceber tensão, respire beeem fundo e solte.

Por favor, não vá fazer essa lista em sequencia! São sugestões, e você pode e deve alternar conforme sinta vontade.

Chuveiro, bola, banqueta, são sempre bem vindos, mas mais do que qualquer objeto de parto o essencial é manter um clima leve e seguro, diria até descontraído.

Eu particularmente amo o trabalho de parto, é um dia especial e inesquecível na vida de todos, então porque não fazer dele um momento delicioso? Conversem, riam, dancem.

 

tempo
Diversão e Relaxamento, Empoderamento, Gestação, Maternagem

Ser mãe é se permitir sentir, por inteiro

A vida para fluir precisa de tempo, precisamos respeitar o tempo orgânico e não do relógio.

Ansiedade aqui é minha amiga cruel desde a infância. Sou a cara do “quem come quente queima a língua”.

Claro, sei que isso é um privilégio único e exclusivo meu, nenhuma outra mulher além de mim engravida pensando no parto ou chora com medo de não saber amamentar o filho que nem nasceu.

Sei também que apenas euzinha me olhava intrigada no espelho pensando “Que raios é isso que eu fiz com meu corpo? Quando ele volta ao normal? UFA ainda bem que amamentar emagrece…”

E poxa, me caiu a ficha disso tudo apenas nessa ultima semana ouvindo a Camila Goyataz e Vera Iaconelli falando sobre o quanto é importante para nós respeitarmos o nosso próprio tempo, vi alí tantas vezes que fui cruel comigo. Quantas vezes, mesmo sem querer, fui cruel com o outro.

O corpo grita por toda a vida “Meu tempo é importante”, mas o dia a dia nos desconecta  de nós mesmos e do outro, não permitindo ouvir.

 

Por quanto tempo ficarei grávida?

Quanto tempo demorarei para voltar meu corpo ao normal? *esse assunto é tão importante que Thatiane Menedez também abordou em sua palestra, onde falava da importância do tempo de descanso para que os músculos do assoalho pélvico se readaptassem ao corpo nesse novo formato (sem bebe).

Quanto tempo durará o puerpério? Não vou me sentir feliz como nos comerciais de margarina nunca ????

Quanto tempo durará o luto? Quantas lágrimas ainda preciso chorar para a dor parecer ser suportável?

Para cada mulher a resposta será diferente e nunca dada de antemão. O que eu posso fazer e você também caso essa pressa da vida não seja exclusividade minha,  é permitir sentir profundamente cada fase, por mais difícil que ela pareça.

Como quem entrega o peso do mundo ao mar e se deixa boiar concentrando apenas em respirar, devagar e sempre.

 

Vale chorar

Vale dormir

Vale dançar

Vale abraçar

Vale crochetear

Vale caminhar

Vale Yogar

Vale Malhar

 

Tudo é válido quando se trata de permitir dar o tempo necessário para que o corpo reaja sozinho. Sem culpas, sem pressão.

Só vamos fazer um acordo aqui, acordo de Doula entre eu e você, nunca mais depois de hoje vamos olhar para alguém que está passando por um momento difícil com ar de “Você PRECISA sacudir a poeira e dar a volta por cima”  Ofereça, se puder, as mãos, um abraço e até seu silêncio caso essa pessoa precise de um apoio ao longo do tempo. Mas nunca mais vamos cobrar recuperação instantânea, a vida não é um lamem que se resolve em 3 minutos 😉

Não
Diversão e Relaxamento, Empoderamento

Você torce o nariz com o Empoderamento, tudo bem

99% dos textos sobre gestação e parto falam sobre empoderamento, que você tem que se empoderar, que você precisa se empoderar, que só poderá ser respeitada se for empoderada.

De inicio a palavra Empoderamento assusta. Grande, de sentido vago, muito ligada ao feminismo e nessa já entra política e uma série de outras coisas.

De forma bem direta empoderamento não passa da habilidade de dizer NÃO.

Treine dizer NÃO para os outros!

Parece bem simples, não?

Na prática você vai perceber quantas vezes se cala, aceita situações e a fazer coisas que realmente nunca quis, que não te fazem feliz. Dizer NÃO para o outro é dizer SIM para você mesma.

Se você torce o nariz com o Empoderamento, te convido para fazer um exercício bem legal comigo.

Separe um tempo do seu dia, sente e escreva em uma papel frases e situações do dia que foram difíceis, que você foi diminuída e machucada.

Em frente a um espelho, leia essa frase para sí mesma da forma mais dura que conseguir.

Em seguida olhe no fundo dos seus olhos e diga NÃO.

Com força, alto.

Pode parecer pesado e doloroso no inicio, mas depois se sentirá muito mais leve, de alma lavada de dentro para fora, como quem faz uma confissão do seu eu mais verdadeiro, desnudo de qualquer julgamento.

Durante o dia, treine seus NÃOs. Não há necessidade de grosseria, apenas diga não para coisas e situações que não quer de verdade viver.

Hoje começamos na minha página no facebook  “Sim para mim”, com ilustrações para esse primeiro exercício. Espero que gostem.

Aliás, me ajudem a fazer o blog mais legal! Mandem e-mail para samara@acasadadoula.com.br com dúvidas ou sugestões para os próximos textos.

Beijo grande

 

Sam

Diversão e Relaxamento, Gestação

Grupos de Gestantes Online, pra que?

Primeira coisa que a gente procura quando engravida, depois de parar de ter um mini-ataque-cardíaco, são os grupos.

 

Ah os Grupos para Gestantes, virtuais e/ou presenciais, nos fazem sentir um calorzinho gostoso no peito, o conforto de “aqui sou compreendida”. Né não?

 

Prepare seu coração, pois os grupos são apenas o gostinho do que a maternagem vai proporcionar, com diferentes pontos de vista, crenças e valores.

 

Mas vou te dizer, tem verdades inquestionáveis sobre grupos online;

 

  1. Apenas uma mãe-grávida entende perfeitamente outra
  2. Se você quer informações boas, vai ter que aprender a separar o “joio do trigo” e ler muita bobagem no meio,
  3. Quanto menos se irritar com isso, melhor
  4. Vai rolar treta sim, porque SIM.  Lembre que a vida que importa mesmo é a off line
  5. A Internet põe uma lupa gigante no que as pessoas tem de melhor e pior, muitas vezes a realidade é bem diferente do que parece ser alí.
  6. Os encontros presenciais são os mais gostosos do mundo e você nem vai se lembrar que a fulana curtiu o comentário que você não gostou <3
  7. Você vai ver que solteira, casada, com muita grana, com pouca grana, os desafios e medos são muito parecidos, apenas em realidades diferentes
  8. Você será julgada pelas suas escolhas, quando isso acontecer, avalie se esse grupo realmente te faz bem e se esses julgamentos te trouxeram algo de bom, se as duas respostas forem “Não” procure outro onde se sinta livre para falar como se sente e ser acolhida.
  9. Você fará amizades para depois da Gestação <3 Sim, isso existe.
  10. NADA, absolutamente NADA do que é postado em grupos online é secreto e livre de “vazamentos”, não ofenda pessoas, não printe outras mulheres e exponha, não poste fotos muito intimas. Processos rolam, sim, e internet pode fazer que tudo tome proporções gigantescas e fora do controle.

 

Projeto existente desde Maio em Itapetininga-SP.
Hoje parceria da Casa da Doula e Casa Opima.
Curso, Diversão e Relaxamento, Doula, Maternagem

Mãe, to na Globo!

Ok, é na Tv tem… mas trabalho de Doula sendo bem falado e divulgado na Globo é para se comemorar!

Eu busco sempre trazer para minha cidade (Itapetininga-SP) atividades exclusivas , e porque não inusitadas, na região. É trabalhoso, normalmente tem pouca adesão… mas o resultado é sempre muito bom.

 

Em maio convidei a Pâmela Souza, do Ventre Materno, para um workshop.

 

Foi tão encantador, o resgate do feminino, a re-conexão com o corpo principalmente para as mães que já tinham tido bebê, que o Work virou aula.

 

E hoje a matéria saiu, no jornal local ao meio dia, com depoimento das mães e dessa doula que vos escreve. Confiram que bacana que ficou!

 

Pela primeira vez os jornalistas daqui falaram corretamente o papel/função da Doula, apesar de errarem meu sobrenome rs), fiquei emocionada!

Clique aqui => Dança do Ventre Mãe e Bebê -Casa da Doula e Opima 

 

fofo
Diversão e Relaxamento, Empoderamento

Para hoje? Sexo sem vergonha!

Eu, particularmente, ADORO falar sobre sexo mesmo que muitos ainda encararem como um grande tabu (em pleno século XXI minha gente!)

Esses dias fui apresentada a esse documentário aqui, e fiquei encantada. Como o conceito de prazer e reprodução mudou ao longo do tempo, o conhecimento sobre os mistérios do corpo feminino e a relação do outro (homens e mulheres) com eles.

Vem acompanhar também no facebook :) https://www.facebook.com/casadadoula

Cá entre nós, desde pequenas as mulheres são “ensinadas” que devem se esconder, que é feio se tocar, malemá aprendemos o nome verdadeiro das partes íntimas. Sobram apelidos, engraçadinhos ou não. E os padrões de beleza e vestimenta que outros acham o ideal?

(AAAAAAAAAAAAAAAAAARGHTTTTTT)

Não parei ainda para contabilizar quanto tempo perdi, me olhando no espelho e achando pequenos ou grandes defeitos, gorda sempre gorda, não importando o meu peso ou IMC.

Isso pode parecer bobinho e um mimimi de “mais do mesmo” que a gente lê direto em infinitos lugares, mas são essas pequenas coisas, somadas diariamente que nos travam e podam.

Como uma mulher vai se permitir sentir prazer, se achando feia, suja, sem conhecer o próprio corpo? E pior, depois ainda se sente CULPADA por nem prazer sentir…

Tenho um amigo, que me falava o seguinte “Eu amo as mulheres, todas elas. O que mais gosto, é vê-las pela manhã, descabeladas, cara amassada. São elas, sem nada que atrapalhe, e incrivelmente lindas, sexys…”

O que posso dizer?

Toda mulher tem O PODER. Pode o desconhecer ou ignorar, mas o possui.

É a mulher quem escolhe com quem vai sair, como será tocada… quando. Assuma as rédeas, EXPLORE! Não tem obrigação de aceitar nada, quando apenas deixa fazerem de você o que bem querem a última pessoa que se satisfaz é você mesma.

Curta-se, explore seu corpo, conheça cada pedacinho dele.

Os invés de olhar no espelho de manhã e procurar o pneuzinho, repare no que você tem de mais bonito.

Coloque uma música que você goste, dance! Solte o corpo e a alma, deixa fluir!

Uma mulher, com prazer em o ser, é mais feliz, mais bonita, mais poderosa, mais confiante.

E quando for compartilhar de toda essa energia de mulher selvagem e cheia de vida, entregue-se, não ao outro, mas sim a todo prazer que seu copo pode receber e oferecer, delicie-se com o outro como se ele fosse um banquete incrível. Deguste sem pressa o cheiro, sabores, texturas… tudo o que tiver vontade!

Você e quem tiver a honra de estar contigo, vão adorar.

Filmes para assistir grávida
Diversão e Relaxamento, Empoderamento

9 filmes para rir e se empoderar

Olá!

Estava aqui pensando com meus caracóis, sempre falo: “leia, leia, leia, leia para se empoderar, se informar, preparar seu parto…”

Comi bola gente,me desculpem!

Existem outras formas de se aproximar do universo materno, parto e tudo o mais sem ser apenas devorando evidencias cientificas dia e noite.

Afinal, para fazer o bebê ninguém estudou tudo antes, detalhadamente, com plano e afins, né?

Prepare o balde de pipoca (sem muito sal por favor!) e aproveite a lista dos 9 melhores filmes para você cair de cabeça nesse novo universo!

 

9 filmes para assistir grávida