Browsing Category

Sinal de Trabalho de Parto

Sinal de Trabalho de Parto

Meleca e sangue? Tampão!

Toda Doula “é meio maluca”, tem seus trejeitos, tem sua personalidade bem delineada, sua forma de trabalhar e servir.

E tem também suas manias e amores no mundo do parto/doulagem.

Quem me acompanha no facebook sabe que a minha maluquice, amor, xodó, apego, encantamento é por TAMPÕES.

“Mas SAm, como assim?”

O Tampão mucoso é das coisas mais incríveis que podem existir antes do parto. Vou explicar aqui rapidinho e aposto que até o final do post você vai estar/ser tão apaixonada por eles quanto eu. Vamos lá.

O QUE É O TAMPÃO

Colo do útero grosso e sem dilatação

Colo do útero grosso e sem dilatação

Ele é nada mais, nada menos, do que uma “rolha” feita de meleca semelhante a muco nasal (vulgo ranho/meleca de nariz) Sim!

A função principal do tampão é proteger o interior do útero de qualquer bactéria ou sujeira que possa existir fora dele. O colo do útero tem naturalmente uma abertura pequena, que é vedada pelo tampão durante toda a gestação.

Ele pode ser transparente, levemente esverdeado ou amarelado.

A consistência também pode variar, para bem liquido (semelhante ao período fértil) ou bem espesso, parecendo uma gelatina.

 

 

 

 

 

 

AI que nojo, quando isso sai?

Colo do útero dilatado- ou apagado

Colo do útero dilatado- ou apagado

Deve ser até crime em algum país desse mundo ter nojo do tampão, não fala assim poxa.

Como ele tem função protetora e serve como uma rolha vai sair conforme o buraquinho que ele protege ampliar.

OU SEJA! <3 

O tampão é dos primeiros sinais que a gente pode ver fácil fácil que o parto está próximo e que o o colo do útero já começou a se preparar para o parto.

Já se apaixonou por ele?

Não?

Calma, tem ainda mais!

O colo do útero quando dilata costuma ter um leve sangramento, o tampão como reveste todo o colo internamente vai sair em maior quantidade e com filetes ou bem ensanguentado nesses casos.

O tampão é uma forma simples de você saber que seu parto está evoluindo e que está tudo bem.

Dá para termos uma noção de como “as coisas estão” só através da observação

Pouco muco no papel e transparente: Provável que ainda leve algumas semanas para o parto

Pouco muco e marrom: Provável que o colo tenha trabalhado um pouco, através de contrações de treino ou mesmo pelo peso do bebê. Nada com o que se preocupar.

Muito Muco sem sangue: EBA! Está perto, provável que o parto ocorra em até uma semana.

Muito Muco com sangue: Provavelmente colo está dilatando consideravelmente, se a mãe não está sentindo nenhuma contração provável que comece em pouco tempo, o parto pode ocorrer nas horas/dias que seguem.

 

E essa é minha -ainda humilde- coleção de tampões, cada um deles enviado pelas donas como presente que eu óbvio amei. Manda mais que tá pouco ainda gente!

Empoderamento, Sinal de Trabalho de Parto

A bolsa estourou, mas o parto não rolou

Vamos repetir um mantra juntas?

BOLSA ROMPIDA NÃO É SINAL DE TRABALHO DE PARTO

BOLSA ROTA NÃO É SINAL DE TRABALHO DE PARTO

A BOLSA ESTOURAR NÃO SIGNIFICA QUE O TRABALHO DE PARTO COMEÇOU

 

A rotura das membranas, não significa isoladamente que o trabalho de parto se iniciou. Isso é um mito muito difundido, pela televisão, pela população em geral.

Mas Sam, minha bolsa rompeu, e ai? O que acontece??? 

Acontece, que 70 a 80% das mulheres entram em trabalho de parto de forma espontânea até 12 HORAS depois do rompimento da bolsa  🙂

De acordo com Melania Amorim, existem duas formas de encarar esse quadro

1) De forma Ativa, com indução do parto

2) Forma Expectante, aguardando o inicio do trabalho de parto espontâneo

Esses processos podem levar até 4 DIAS para “engrenarem” nesse período – a partir das 12 horas de rotura- o ideal é monitoramento fetal e materno, vitalidade, mudanças de temperatura, presença-ou não- de mecônio.

E porque exite tanto medo ao redor da bolsa rompida?

1: A gente desacostumou com o que é normal em parto normal

2:Como a membrana está rompida o risco de infecções aumenta, e gira em torno de 2% a 3% neonatal e de 4% a 8,6% nas mães (Sendo os maiores valores quando se esperou até 4 dias o inicio de trabalho de parto espontâneo)

O que fazer então?

1: Evitar ao MÁXIMO qualquer exame de toque, principalmente fora de trabalho de parto, quanto mais exames, maiores as chances de desenvolvimento de infecção.

2: Manter a calma, com a consciência que o parto pode demorar muitas horas para iniciar

3: Monitoramento da vitalidade fetal (bebê esta se mexendo normalmente?)

4: Alimentação normal a cada 3 hora no mínimo

5: Se manter hidratada

6: Avaliar os riscos e vantagens da indução, você pode escolher, faça isso de forma consciente.


 

Glossário da “bolsa estourada”

Amniorrexe prematura = ruptura da bolsa das águas (perda de líquido
amniótico) ANTES de se iniciar o trabalho de parto. Inclui todos os casos em que o trabalho de parto não se desencadeia nas primeiras duas horas depois da ruptura.

Amniorrexe precoce = ruptura da bolsa das águas no início ou até
duas horas antes do trabalho de parto.

Amniorrexe prematura A TERMO = a bolsa se rompe antes do início do trabalho de parto mas a gravidez já atingiu ou ultrapassa as 37 semanas de gravidez.

Amniorrexe prematura PRÉ-TERMO = a bolsa se rompe antes do início do trabalho de parto ANTES de 37 semanas de gravidez.

Corioamnionite = infecção da câmara âmnica, ou seja, das membranas e do líquido amniótico. Pode complicar os casos de bolsa rota prolongada e é mais freqüente quanto maior for o número de toques e maior o tempo entre o primeiro toque e o parto.


 

Fontes: http://parir.blogspot.com.br/2006/12/sobre-tempo-de-bolsa-rota.html

http://estudamelania.blogspot.com.br/

http://luzdavidagravatai.blogspot.com.br/2011/11/bolsa-rota-qual-conduta-adequada.html

Gestação, Saúde, Sinal de Trabalho de Parto

Contrações antes dos 9 meses: Sinais de Alerta

Contrações doloridas e contínuas. É tudo o que esperamos sentir como trabalho de parto, mas quando acontecem antes do nono mês pode ser um sinal  de que algo não está bem.

Se você que me lê estiver grávida, já deve ter percebido que parece ter ficado doente com mais frequência por esses tempos, pequenos resfriados, sangramento da gengiva ao escovar os dentes ou até mesmo o aparecimento de espinhas pelo corpo. Certo?

Isso acontece porque para a gestação evoluir bem o nosso sistema imunológico precisa ficar mais “fraco” para não entender o feto como um corpo estranho e expulsá-lo.

Ainda assim,  ele continua trabalhando e dá sinais de alerta se algo não está bem.  Dificilmente é um só, então antes de se angustiar observe com calma o que e como se sente. Diários de gestação podem ajudar bastante a conhecer o próprio corpo e identificar o que é normal, o que é novo devido a gestação e o que é um sinal de alerta.

 

Pode ser apenas Infecção Urinária

 

Possíveis sintomas

  • Ardência ao fazer xixi
  • Aumento de frequencia das idas ao banheiro
  • Febre
  • Dor na lombar
  • Barriga fica dura e dói (contrações)
  • Nauseas
  • Calafrios
  • Sangue na urina

O processo infeccioso é provocado por bactérias  e estimula a ação do sistema imunológico, que reage combatendo todo corpo estranho, inclusive o bebê e tenta expulsá-lo.

Muito comum em gestantes, a IU muitas vezes começam quietinhas, quase sem sintoma nenhuma aparente. A mulher pode não sentir dor nenhuma ao urinar, não vai estranhar fazer mais xixi por conta da gestação e acaba que apenas vai buscar identificar e tratar quando as contrações aparecem. Esse momento pode ser assustador.

É importante identificar e tratar rapidamente para evitar a possibilidade de parto pre-maturo. Ao sinal de contrações com DOR procure sempre um médico ou unidade de saúde mais próxima , você pode pedir para investigarem a possibilidade de infecção.

O tratamento é bem simples e feito com antibióticos que podem ser indicados para uso por até 14 dias ou em dose única dependendo do caso.

Como previnir

  • Usar calcinhas de algodão
  • Evitar roupas muito apertadas e quentes
  • Tomar bastante água
  • Não segurar muito o xixi 
  • Manter uma boa higiene pessoal
  • Se enxugar sempre “de frente para trás”