Gestação

Chocolate na gestação: vilão ou mocinho?

É quase unanime, quando o dia está difícil nada como um pedaço do nosso chocolate favorito para melhorar 90% nosso humor, não é mesmo?

Durante a gestação, com tantas mudanças no corpo, mudanças hormonais, ansiedade e expectativas parece que o “ouro negro” fica ainda mais irresistível (e todas as suas variáveis também -eu fui a grávida maluca pro brownie)

Ao contrário do que muita gente pensa ninguém precisa se privar das delicias achocolatadas, apenas adequar % de cacau (quanto maior melhor) e quantidade consumida por dia.  Na verdade, o cacau faz muito, muito bem!

 

 

  • Previne a  pré-eclampsia

Comer com frequência chocolate com alta porcentagem de cacau pode ajudar a prevenir a  pré-eclampsia, de acordo com pesquisa realizada pela universidade de Yale.

 

  • Regula a pressão

Cacau , que é usado para fazer o chocolate , contém a teobromina que ajuda na regulação da pressão sanguínea em mulheres grávidas . Este componente no chocolate pode ajudar a manter a pressão sanguínea , auxiliando na dilatação dos vasos sanguíneos

 

  • Ajuda a reduzir colesterol

A ingestão do chocolate escuro (com alta % de cacau) consumido com moderação ajuda a estabilizar e controlar os níveis de colesterol em gestantes.

 

  • Contém bons antioxidantes, além de ferro magnésio e outros nutrientes

 

  • Chocolates aliviam o stress

 

  • São uma fonte de energia rápida e saborosa para durante o trabalho de parto

 

VALE LEMBRAR: Chocolate PODE, mas sempre em pequenas porções, o recomendado é cerca de um bombom por dia. Por ser muito calórico deve ser consumido com cautela por diabéticos e gestantes já com sobrepeso.

Chá de Bebê
Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply