_MG_7128b (1)
adaptação, chapada diamantina, inspiração; criação com apego;, Sem Categoria, vale do capão

O que vocês estão fazendo?

Uma pergunta aparece praticamente todos os dias. Ela vem dos amigos íntimos e dos laços que estamos criando por aqui. Também de desconhecidos, em apertos de mão ou mensagens nas redes sociais. ”O que vocês estão fazendo aí?”. Tanta resposta cabe entre estas aspas que eu nem sei por onde começar. Talvez por isso tenha demorado um pouco para escrever este texto. 

Continue Reading

aida
mudança, transformação

SOBRE IR EMBORA

eu entrei numa sala e pedi demissão do lugar que sempre quis trabalhar. olhei para os profissionais que sempre admirei e disse que iria largar tudo para morar na chapada diamantina.

minutos antes deste fato, entrei no banheiro e respirei fundo durante alguns minutos. dias antes deste fato, contei a ideia para algumas pessoas e não senti meu coração apenas bater, mas tremer. meses antes deste fato, sentamos, eu e meu companheiro, e fizemos planos. anos antes deste fato, jamais pensei que ele aconteceria.
Continue Reading

Captura de Tela 2015-11-30 às 16.41.01
inspiração

PARA TER UM FILHO.

Como é fazer nascer depois de ver morrer? Que a gestação é uma passagem a gente já sabe. Mas e quando, além de toda essa transformação da maternidade, você tem que encarar a morte do seu pai também? Essa é a história de Tainá, uma mulher inspiradora que acabou de perder uma das figuras mais importantes da sua vida. E a outra está no seu ventre, só esperando a hora de nascer para dar o abraço que ela tanto precisa.

Continue Reading

foto kate t. parkers
Empoderamento, feminismo, Sem Categoria

As feministas estão chegando. Estão chegando as feministas.

(A foto é de Kate T. Parker’s e foi tirada daqui.)

Nossas avós viram acontecer a primeira onda do feminismo, marcada pelo sufrágio, pela busca desses direitos básicos, como a oposição dos casamentos arranjados e o ingresso no mercado de trabalho. Nossas mães viveram a segunda onda, no início da década de 60, e buscaram as leis, a igualdade. Viram crescer a força do feminismo negro, ainda que bem antes disso mulheres negras já estivessem desafiando a branquitude e o elitismo do mesmo. No início da década de 90, já estávamos lá na terceira onda, consertando certas falhas da segunda, buscando a nossa liberdade sexual. Hoje, vivendo o que estão chamando de Primavera das Mulheres, também estão nossas filhas. Mas, afinal, se já faz muito tempo que as mulheres estão gritando, por que o patriarcado ainda é tão forte?

Continue Reading

começando-errado-nan
amamentação, amamentar em público, publicidade infantil

Publicitários contra a publicidade Infantil e #pobrefazendopobrice

Estereótipos estão presentes em tudo. O advogado é um sujeito classudo, bem vestido, que sempre tem uma saída para as coisas. O terapeuta fala manso, come pouca carne e não tem problemas na vida. O publicitário usa óculos de aro colorido, tênis de cano alto e fica até tarde na agência pensando em como transformar supérfluos em algo essencial para se viver. O bom da história é que existem duas regras muito claras na sociedade: nem todo mundo é igual e a comunicação sempre pode virar o jogo.

Continue Reading