amamentação, livre demanda, perguntas idiotas

Amamentação em público: este texto é para você que acha um absurdo.

Uma dica: se você acha que mulheres não deveriam amamentar em público, NÃO FALE isso em público.

Tem umas técnicas infalíveis. Se incomoda, você pode:

( ) levantar e sair.

( ) olhar para os lados, para baixo ou para cima.

( ) conferir o insta.

(x) procurar uma ajuda profissional para tratar seus complexos.

Talvez você não conheça muito da história do mundo e, principalmente, dahistória das mulheres no mundo. Provavelmente, você cresceu conformada(o) com uma realidade que oprime as mulheres desde que elas são feto. E aí você cresceu achando que deveria ser uma princesa (príncipe) cheia de pudores e olhares tortos. Talvez você concorde com a máxima de que mulheres não devem transar no primeiro encontro. Talvez você também acredite que fulana poderia estar vestindo algo mais composto naquele dia em que foi assediada. Talvez, sem perceber, você esteja tão acostumada(o) a sexualizar o corpo feminino que nunca parou para pensar que ele é capaz de gerar, parir e alimentar um serzinho.

Talvez você ache que eu estou exagerando e generalizando os assuntos. Mas vou te dizer: uma coisa está, sim, totalmente ligada a outra. Quando você diz que mulheres não deveriam amamentar em público, você espalha uma opinião que oprime várias e várias mães que estão amamentando neste momento. Para não dizer que sou incompreensiva, deixo claro que avaliei por horas e horas os porquês de tanto incômodo:

1) Peitxola de fora?

Você não quer ver os peitos de ninguém. Okay. Primeiramente, desligue a televisão e vá ler um livro. No carnaval, coloque umas vendas nos olhos. No banheiro da academia, fique trancada no box e comece a gritar ”escondam seus peitos porque nunca vi um” quando for sair. Se você é homem, controle-se. Nem todos os peitos do mundo foram feitos para divertir você, já passou da hora de aprender isso.

2) Peitxola jorrando de leite?

Uma das coisas mais bonitas da maternidade é ver o seu peito cheio de leite, transbordando, molhando a camisa, sabe? Principalmente para uma mãe que passou por vários perrengues para conseguir amamentar seu filho. ”Leite é sangue que deixa de correr pelo umbigo e sai pelo bico do seio”, diz Sonia Hirsch. Se você tem nojo disso, tem alguma coisa errada com você, não com o alimento alheio.

3) Cadê a little burca?

”Mas por que não cobre com um paninho?”. Porque não quis, oras. Porque na correria para acalmar o filho, esqueceu. Porque o bebê não gosta. Porque tá calor. Porque É NATURAL E NÃO PRECISA ESCONDER.

4) Cadê a mamadeira?

”Na mamadeira é mais prático e todo mundo dá”. Mais prático não é. E o fato de todo mundo fazer não justifica nada. A amamentação deve ser exclusiva até o sexto mês de idade. É boa demais até um ano. Ideal até os dois anos.Linda quando é prolongada. Algumas mães temem tanto que o filho deixe o peito que evitam dar a ele qualquer tipo de bico artificial #soudessas. NAN e cia são comuns, sim. Mas não deveriam ser.

5) The baby is on the privada.

”Muitas mães ~fazem isso~ no banheiro”. É verdade. Porque pessoas como você a deixaram com vergonha de amamentar do lado de fora. Na próxima hora do almoço, pegue o seu prato, entre num box qualquer, sente na privada e comece a comer. Não preciso dizer mais nada.

6) Tem uma salinha lindinha, confortavelzinha e limpinha no shopping.

E aí o seu filho começou a chorar no corredor 6. A salinha lindinha fica no corredor 19, depois da praça de eventos, virando ali na esquerda. Você deixa ele gritando até chegar lá. Eu não.

7) Mas shopping não é lugar de bebê, oras.

Eu não levo minha filha no shopping. Mas tem gente que leva, então sua única opção é respeitar. Fora que muitas vezes a mãe precisou resolver alguma coisa que tinha que ser lá e pronto. Ou então foi no Cinematerna que é só amor <3

8) Fica em casa, pô.

Porque mãe que é mãe fica em casa trancada cuidando da cria. Vai fazer o que do lado de fora, me diz?

9) Sexy mama.

Já me disseram que uma mãe estava ”dando um show” ao amamentar e por isso o incômodo foi tão grande. Alô mãe que está aqui me lendo: você consegue imaginar esta cena?

10) Tá errado isso aí, hein?

”Meu peito é do meu marido e só ele pode ver”.

”Não quero minha mulher mostrando o peito na rua”.

Uma palavra: machismo.

11) Amamentação prolongada.

Quer ver uma coisa ofender mais do que uma mãe amamentando seu filho? Uma mãe amamentando seu filho de mais de dois anos. Mais uma vez: se você é capaz de sexualizar esse ato, existe alguma coisa muito errada aí dentro, viu?

AMAMENTAR EM TODO LUGAR <3
BJS
Chá de Bebê
Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply