1-rYdrV1qtjVpQPRVfV6INpQ
chapada diamantina, viagem

Sobre (não) deixar de viajar por causa dos filhos.

Sabe quando você engravidou e geral disse que era uma pena abrir mão das viagens?  Vou te dizer uma coisa muito mais importante agora: você-não-precisa-fazer-isso.

1-XdWVWsTVBG2KUXitFXoL5Q 1-ws6zdFxYdb1qeU_I_4zEyQ

Fomos para o Vale do Capão, um paraíso dentro que outro paraíso que é a Chapada Diamantina. Como a intenção desse post é apenas dizer ”Não deixe de viajar por causa dos filhos” eu não vou me alongar muito. Separei 3 dicas para quem pretende conhecer a chapada sem medo de ser livre feliz.

 

1. TUDO É ADAPTÁVEL

Poderíamos seguir de carro do Recife até o Vale numa viagem que duraria umas 12 horas. Impossível saber como Amora reagiria, então optamos por pegar uma avião até Salvador e de lá alugamos um carro para ficarmos mais livres pela Chapada. O voo durou apenas uns 40 minutos, então ganhamos praticamente um dia de viagem. Do aeroporto para o Capão levamos cerca de 6 ou 7 horas. E a melhor surpresa foi que Amora dormiu praticamente a viagem inteira.

 

1-Eg8qYX_uVXJA1qnkoWqvBA 1-iuwuBpsKaEz4SExc8VTtyQ 1-hpcSOdHjmdTj8BbSS252Pg 1-WK9siSlhECKnvcjfwpPC8A 1-SSiO7qbCy_yp6FuZZmUtow 1-8SNkUXmiD6_XWA_xp0f4DQ 1-2BOk5S4MS0t0Yvz_bZYEpA 1-06hn33kHNNHl-eMpoYjHjA

 

2. COM SLING + MOCHILA VOCÊ PODE IR PARA QUALQUER LUGAR DO MUNDO

Eu nunca comprei uma daquelas malas de maternidade. Desde que ela nasceu já foram umas três mochilas, pq eu nunca encontrava uma que fosse resistente. Até que vi a Bebêchila: ela tem vários bolsos internos e você pode colocar as suas coisas e as do bebê tranquilamente. Também tem uma bolsa térmica, saquinho pra roupa suja e uma bolsinha para as trocas de fralda. As estampas são lindas e ela é super resistente. Se você é do Recife pode encontrar a Bebêchila na loja Enquanto eles dormem <3

 

1-cVWoV_MS7SQll0utUu4CEQ 1-s9I_V4zasnNHmwEJ95axxQ 1-rNmtHCrdsnutgxJfxVF7mQ 1-0zXQkftNT-aYprWyoDLhIw 1-9OR6prH3R7yYwHvCAq64Eg 1-hFnZaKtuXKZrYbAOxamtNg

 

3. COM SLING + MOCHILA VOCÊ PODE IR PARA QUALQUER LUGAR DO MUNDO.

Pega esse bebê, coloca no sling e vai. Enquanto pesquisava, vi que as famílias geralmente escolhem lugares com um estrutura mais turística e fazem passeios mais tranquilos. Nós queríamos que a viagem fosse a mais roots possível, então Começamos Errado para não perdermos o costume. Eu preparei lanches, calculei fraldas de pano + fraldas descartáveis, coloquei roupas para calor e para o frio e levei uma sacolinha com remédios homeopáticos (Amora nunca tomou remédios alopatas, mas confesso que fui pesquisar como se ministrava um tylenol infantil pq a nóia bate mesmo.) Eu sabia que estávamos preparados, então realmente não me preocupei com estrutura de nada até pq já acampamos com ela algumas vezes e sempre deu tudo certo. Nos hospedamos na casa de um amigo guia e conhecemos lugares incríveis. Fizemos amigos queridos, moradores locais que por sentirem o nosso clima e as reações de Amora aos passeios já nos convidaram para fazer a trilha do Vale do Pati, mais longa e intensa. Ou seja: você conhece bem a sua família, então não tenha medo de se aventurar com ela.

 

1-zw8oRHmzZUEhuUzl1ulRwg 1-cGKwCd7k6mMsh0s2GNZqBQ 1-hZ6KiFzFao13JQNIMmR4Xw 1-TGbyP9D5zZq9k2J6T6H68w 1-TKsukiEEn1Mw64LmigCE4g 1-rPyM0uQjZAk9_tEAz9-giw 1-I_V2TpdLxmmrBbdtKIh__g 1-5ZFovya8PXr6L1l6QstAZA 1-0zXQkftNT-aYprWyoDLhIw 1-OuaRzlvd8lfu2yoDld4ggQ

 

Chá de Bebê
Previous Post Next Post

You Might Also Like

21 Comments

  • Reply Paula Aguiar 23 de junho de 2017 at 19:02

    Oi Aida,
    Estamos planejando uma viagem para a chapada com nossa bebê que estará com 5 meses e seu post me deu a maior força! Pensamos em alugar um carro para poder fazer tudo com calma e no nosso tempo. Não conheço a Chapada, vc acha que a maioria das Cachoeiras e trilhas são tranquilas para se fazer com o bebê no canguru? Tem um guia para recomendar?
    Obrigada!!!

  • Reply Silvia 11 de dezembro de 2016 at 2:40

    Oiii!
    Estamos planejando uma viagem de São Paulo à Chapada de carro, com nosso pequeno de 8 meses.
    Vamos passar o réveillon lá.
    Estava um pouco receosa e seu post me deixou mais segura! Sling é salvação!rs
    Bora botar o miúdo no nosso ritmo de viagens e natureza!
    Muito obrigada!

  • Reply Carla 15 de novembro de 2016 at 21:19

    Adorei as dicas!

    Meu Benjamin tem viajado desde que nasceu (moro no interior da BA e fui parir em Salvador), e até seus seis meses já conheceu as cidades históricas, SP onde minha família mora e os estados do sul. Mas confesso que ir pra Chapada, tão pertinho, tava me dando medo.

    Obrigada pelas dicas!

  • Reply Narayanna 6 de julho de 2015 at 23:51

    Esse blog ta me passando uma paz tao grande e uma coragem maior ainda!

    Obrigada!!!

    • Reply Aida Polimeni 7 de julho de 2015 at 11:11

      Nossa, Narayanna! Obrigada você por ter me feito começar o dia lendo essa mensagem <3

      • Reply Narayanna 15 de dezembro de 2016 at 18:40

        Caraca, voltei aqui porque to querendo viajar com o bebê (hoje com 1 ano) pra Chapada e tive a mesma sensação de antes.. Paz e coragem!! Ate levei um susto qnd vi meu próprio comentário! hahahaha Gratidão!

  • Reply Julia 1 de julho de 2015 at 14:06

    Apaixonada pelas fotos e pela viagem! Achei graça do comentário que fez sobre as picadas de mosquito… Sempre falo isso sobre quando vamos para a praia e o Lucas volta espirrando… O que é um resfriado para quem passou o dia sendo feliz? 😉 Amei tudo! Virei fã do blog!

    • Reply Aida Polimeni 1 de julho de 2015 at 14:27

      Julia, que bom que você gostou. Volta sempre pra gente trocar uma ideia 😀

  • Reply Adriane 29 de junho de 2015 at 21:26

    Quando o Henrique mal tinha completado seis meses, ele fez sua primeira viagem internacional e foi muito tranquilo (e olha que eu era cheia das frescurites!

    • Reply Aida Polimeni 1 de julho de 2015 at 14:33

      Eita, não vejo a hora de ir pra fora com ela também! <3

  • Reply fernanda lusmara 29 de junho de 2015 at 20:54

    Vocês são demais. Ainda nem engravidei, mas tenho inúmeras dúvidas e temores. Então venho aqui sanar meus medos! Que bom que vocês existem! Adorei o artigo!

    • Reply Aida Polimeni 1 de julho de 2015 at 14:33

      Fernanda, que bom que vc existe e ainda veio aqui me dizer um negócio desses <3

  • Reply Fabrina Dutra 28 de junho de 2015 at 9:24

    Moro no Bahia e já fui no capão várias vezes e amo. Levei minha filha qd ela tinha 5 meses e foi muito tranquilo. Qd a segundinha nascer tb vamos levá-la e por fim vamos no Pati pra elas conhecerem, mas acho que vai demorar um pouqinho pq a trilha é longa.! Pra mim os melhores passeios/viagens com criança é no mato

  • Reply Lívia 26 de junho de 2015 at 10:43

    Acho que vai rir da minha pergunta, mas vamos lá…E os pernilongos etc nestas trihas?Não judiam muito do bebê?Lógico que tem repelente né, mas a gente sabe que mesmo assim eles insistem em incomodar…

    • Reply Aida Polimeni 26 de junho de 2015 at 11:59

      Haahahaha Lívia, eu também me preocupei com os pernilongos. Levei um repelente natural e, apesar da indicação ser a cada 3 horas, eu recolocava de hora em hora. Claro que ela voltou com algumas picadinhas, sim. Mas o que são picadas de mosquito para uma criança que tomou banho de cachoeira, brincou no mato e avistou paisagens incríveis?:D Acho que ela levou mais picadas em casa, num dia de chuva, do que nos dias que passamos por lá! hehe

      • Reply Lívia 29 de junho de 2015 at 8:12

        :) Com ctz…valem pela experiência!!

  • Reply Elisa 26 de junho de 2015 at 5:50

    Viajamos com bebê, procuramos só diminuir o tempo de transporte principalmente no carro e ficamos mais tempo no destino (bate e volta tenho me recusado a fazer, prefiro aproveitar para fazer passeios mais perto).
    Acho um risível vários lugares que afirmam que é melhor esperar os 6 meses para viajar com bebê. Alou?! Antes deles comecarem a comer e a querer enlouquecidamente ir para o chao é a melhor fase para enfiar no sling e sair para o mundo. É facinho viajar com um bebê que só mama, fica feliz de ficar o dia inteiro no sling/canguru, dorme um monte e ainda nao pesa tanto. Dá basicamente para se fingir de grávida(o).
    Aos 18 meses o filhote está caminhando bem firme, mas ainda nao dá para fazer longas caminhadas e nem marido aguenta mais levar os 12 kgs por muito tempo no canguru (mesmo nas costas). Pelo menos ele vai tranquilo para o carrinho quando cansa, o problema é a gente achar rotas em que o carrinho nao vire um transtorno.
    Agora comecei o processo de empacotar para a próxima viagem. Meu dilema agora sao os livrinhos e brinquedos… vamos passar 3 semanas fora o que levar??

    • Reply Aida Polimeni 26 de junho de 2015 at 12:05

      Elisa, super concordo contigo: a melhor coisa é viajar com bebê que só mama e dorme no sling. Também era muito mais simples passear com ela nos primeiros meses. Nada de ficar trancada em casa com as crias, vamo acupar a rua o//

  • Reply Dani 25 de junho de 2015 at 14:42

    Ai como eu sou fã de vcs, lindonaa!! Quero vc de orientadora qd entrar nesse mundo da maternidade roots-natureza ☺

  • Reply mayra alves 25 de junho de 2015 at 14:36

    Como não amar vocês =)

  • Leave a Reply