O departamento de brinquedos “neutro” da Harrods

Está rolando no facebook um teste bacana para saber se um brinquedo é de menino ou de menina: é perigoso ou faz insinuação sexual? Não é para criança! Qualquer outra coisa é unissex.
Isto reflete bem o que pensamos aqui em casa. Alexandre e eu não dividimos os cuidados com o João pela dicotomia tarefa-de-macho-e-de-fêmea.  Eu cozinho com ele, ensino-o a fazer os bonecos dormirem e  dei um rodo e uma vassoura, para “ajudar” quando a bagunça é grande demais. Estava curiosa para conhecer o departamento de brinquedos da Harrods, que foi projetado pelos arquitetos de interiores Shed, de Cingapura,  com a promessa de ser um ambiente neutro, sem divisões que estimulem o sexismo.
Bem… O tal Toy Kingdom é mesmo impressionante, mas não pelo que dizem. Enorme e com um milhão de corners onde os vendedores fazem demonstrações e deixam as crianças brincarem (devidamente supervisionadas, off course), o lugar é mesmo hipnotizante.  Há brinquedos maravilhosos, feitos para todos os gostos. Agora… O ambiente é neutro? Por que as fantasias do homem-aranha estão lá do outro lado e não no castelo ” Dress to” cheio de Cinderelas e Alices? Por que em volta do “piloto” dos helicópteros só há trezentos pirralhos pulando, enquanto as mini ladies espremem os narizes nas vitrines da Família Sullivan?
Será que as meninas têm genes que as programam para gostar de rosa?
É impossível existir uma loja de brinquedos neutra enquanto a indústria lucrar com o sexismo. Enquanto as mães se sentirem obrigadas a trocar todo enxoval porque o segundinho não pode ser visto passeando no carrinho rosa da irmã, enquanto for feio meninos e meninas dividirem o quarto.
Há muito o que pensar. E muito para ensinar aos nossos filhos.
Bjs procês!
Crie o site do seu Neném

Sobre Gabi Sallit

Gabriella Sallit virou Gabi ainda pequenininha. E, para não ter um filho que tivesse que explicar a vida inteira a grafia do seu nome (aprendeu a falar "meu Gabriela é com 2 Ls" antes de papai e mamãe), escolheu um nome pequenininho para o seu filhote. João está começando a falar e já escolheu como prefere ser chamado: Jão!

VENHA, e CONECTE-SE COM A VILA!

Receba as novidades em primeira mão!

Esta entrada foi publicada em Sem Categoria e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a O departamento de brinquedos “neutro” da Harrods

  1. Mariana disse:

    Engraçado, entrei sem querer numa discussão sexista.. Decidi fazer a festinha do Emanuel de 2 anos com o tema Jardim, até pelo fato dele ter chegado no início da primavera e amar colocar as mãozinhas na terra, curtir a natureza, enfim. Acredita que já recebi muuitos olhares desconfiados pela escolha do tema, como se a natureza fosse exclusiva das meninas, e que esta temática não seria adequada para um menino? Como assim? Ensinar a cuidar da natureza, amar suas cores não é o mínimo que nós pais devemos ensinar aos nossos filhos? Gostar de uma flor é “coisa de menina”? Surpresas da maternagem.. Vejamos os próximos capítulos.

  2. Elisa disse:

    Gabi, penso como voce, mas observando por aí e várias meninas tem sua fase rosa/princesa mesmo que isso nao seja estimulado pelos pais, assim como vários meninos tem a fase carro/caminhao. Mas né, isso nao invalida em nada que a criacao deve ser igual.
    Acho muito legal que aqui na Alemanha a grande maioria dos eletrodomésticos de brinquedo sao com as cores dos de verdade (e nao rosa!). Meu colega deu uma cozinha de madeira pro filho no natal, falou pra todo mundo e ninguém disse nada sexista ou mesmo olhou enviesado 😀
    A última preucupacao com o bebe que eu estou esperando é o sexo. Até quero saber antes (vai ser tanta novidade, nao precisa ser tudo surpresa), mas numa futura gravidez já penso em descobrir só no parto. Tô achando cada vez mais dispensável isso de TER que sinalizar pro mundo o sexo dos bebes e mesmo de criancas. Apesar de eu amar brincos, se tiver uma filha irei dispensar os brincos, quando ela tiver idade decide. Nada contra quem faz e muito menos odeio meus pais por terem furado minhas orelhas, mas nao quero machucar nem deixar cicatrizes no meu bebe por vaidade.
    Meu marido dividiu o quarto com a irma na infância (e nao foi por falta de espaco pois a casa era enorme). Eles tem um companhenismo tao grande, aquela coisa de se entender só de olhar, de ter os códigos deles que ninguém mais entende. Nós queremos ter duas criancas e já ficou decidido que o quarto será dividido até eles quiserem, nao importa os sexos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>