Será que este médico faz mesmo parto normal? Descubra aqui.

No próximo dia 6 de julho entra em vigor a Resolução 368 da ANS, que deu um reboliço danado nas redes, por trazer medidas que incentivam o parto normal e visam a coibir o número absurdo, bizarro, indecente de cesáreas eletivas no nosso país. Teve de tudo: gente que quer cesárea se sentindo ofendida no seu direito de escolher, ativista achando maravilhoso, outras dizendo que vai matar mulheres a rodo porque os médicos não sabem assistir partos normais, enfim, uma salada geral. O que ninguém pode negar é que a Resolução demonstra que o nosso trabalho de formiguinha está sendo recompensado e que já chamamos a atenção de quem faz políticas públicas. Ponto para nós.

Muito se discutiu sobre a vinculação do pagamento do atendimento ao médico ao preenchimento do partograma, como se esta fosse a medida mais revolucionária da Resolução. Eu, entretanto, que trabalho com prontuários todos os dias, sei que a coisa mais-comum-do-mundo é eles conterem um sem número de mentiras bizarras. Fraudar um partograma é um tiquinho mais complicado, mas já vi safadeza de todo gênero…

Para mim, o que a Resolução trouxe de mais fenomenal a possibilidade de acesso real à informação. Agora não vai dar mais para o cara que assistiu 3 partos vaginais por acidente no último ano dizer que “adoooooorrrraaa parto normal”. Vai estar ali, nas estatísticas, para quem quiser ver. Basta perguntar para o plano de saúde.

A Resolução só entra em vigor em julho de 2015, mas as gravidezes não esperam, né? Que tal, então, saber qual a real do seu médico? Qual o percentual de cesarianas que ele fez no último ano? Este papo que “faz muito parto normal” é verdade mesmo? Vamos descobrir?

O Dadadá ADORA dar esta ajudinha para as barrigudas. Fiz um oficiozinho, que pode ser enviado às operadoras de planos de saúde, requerendo as estatísticas dos cooperados. Os planos de saúde, até 6 de julho, ainda não têm a obrigação legal de fornecer esta informação, mas este tipo de correspondência não deixa de criar uma pressão moral, né? Vai que funciona…

Copia e cola:

“Prezado Gestor do Plano de Saúde (NOME DO PLANO),

 Meu nome é (NOME COMPLETO) e meu número de cadastro na sua empresa é (NÚMERO DA CARTEIRINHA).

Tomei conhecimento da Resolução 368 da ANS, que determina , em seu artigo 2º, que que os planos de saúde informem, sempre que solicitado pelas suas usuárias, o percentual de partos normais e cesáreas assistidos pelos seus médicos conveniados. Ainda que tenha conhecimento que a Resolução só entrará em vigor em julho próximo, estou realizando meu pré-natal neste momento e esta informação é essencial para que eu decida qual profissional escolherei para me acompanhar.

Conhecendo o compromisso do (a) (NOME DO PLANO) com a qualidade do atendimento e tendo em vista que o acesso à informação é imprescindível para mim neste momento, venho solicitar, formalmente, os índices dos (as) Drs .(as) (NOME DOS MÉDICOS ), que são os profissionais entre os quais eu pretendo escolher.

Tal medida, além de demonstrar seu respeito aos direitos reprodutivos das mulheres, exteriorizará seu compromisso com a adequada prestação de serviços.

Aguardo retorno.

Atenciosamente,

(NOME COMPLETO)”

Iphone Gabi março 2015 072

Quem conseguir as estatísticas do seu médico coloca aqui nos comentários! Vamos montar um banco de dados bacana, que tal?

Crie o site do seu Neném

Sobre Gabi Sallit

Gabriella Sallit virou Gabi ainda pequenininha. E, para não ter um filho que tivesse que explicar a vida inteira a grafia do seu nome (aprendeu a falar "meu Gabriela é com 2 Ls" antes de papai e mamãe), escolheu um nome pequenininho para o seu filhote. João está começando a falar e já escolheu como prefere ser chamado: Jão!

VENHA, e CONECTE-SE COM A VILA!

Receba as novidades em primeira mão!

Esta entrada foi publicada em Gestação, Parto e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

10 respostas a Será que este médico faz mesmo parto normal? Descubra aqui.

  1. Flávia disse:

    A lista já está disponível?
    Não consegui localizar.
    Abs.

  2. Fabiana Bourroul disse:

    Pessoal, meu plano de saúde me respondeu dizendo que eu deveria encaminhar o CPF ou CNPJ dos médicos para que eles pudessem proceder com as informações. Isso ta certo? Só eu acho um absurdo ter que ligar nos consultórios e querer saber o CPF do cara?
    Detalhe, na minha carta eu coloquei o nome completo e o CRM de TODOS os médicos que queria consultar. E eles retornaram falando que faltou o CPF dos médicos.
    Bjos…

  3. Ligia Ferreira disse:

    Eu desejo mesmo… é que cada vez mais mulheres busquem se informar!!

  4. Patricia Caleman disse:

    Adorei!! Parabéns pela iniciativa. Você é incrível!! E com certeza assim que tiver os dados vou compartilhar.. Bjs!!

  5. Luciana disse:

    Bravo, Dadadá! Bravíssimo!

  6. Katharina disse:

    Que ideia genial, Dadadá! Parabéns!
    Não estou grávida, mas meu obstetra fofíssimo, Marcos Vicente Braga Mota, bancou meus três partos normais (inclusive os dos meus gêmeos) sem nenhum problema. Aliás, ele nunca tocou na palavra “cesárea” comigo em todo pré-natal. Ponto pra ele!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>