Tomamos o poder! Estamos na Vejinha.

Era para ser simplesmente uma reportagem de fim de ano. A Paola Carvalho, repórter da Veja BH, ligou quando eu estava barrigudona, dizendo que ia acompanhar o nascimento um bebê por mês durante 2014, para publicar as impressões das mães no fim do ano. A idéia era fofa e topamos ser o bebê de fevereiro. Eu planejava que Francisco nascesse em casa, seria uma boa chance de divulgar que o parto domiciliar é possível e seguro.

Quando o Pequenininho chegou, a repórter veio aqui, conversamos e tiramos fotos. Aproveitei a chance para falar do respeito ao nascimento, do parto humanizado. Achava que, das doze mulheres que seriam entrevistadas, eu poderia ser a única a abordar o tema. Na verdade, achava que corria o risco de eu ser a única a parir.

Que engano delicioso!!!! Das doze mães, pelo menos cinco tiveram partos naturais (bebês de fevereiro, junho agosto, outubro e novembro)!!! Outra, apesar da cesárea, diz que queria sentir a dor do parto! Os bebês de junho são gêmeos nasceram de parto normal!

Vocês têm idéia do que significa isso, numa revista mainstream como a Veja? Há pouco tempo, seria apenas “cesárea-porque-não-tive-dilatação”, “cesariana-por-pouco-muito-médio-líquido” ou coisas do gênero!

Mulheres parideiras, nós tomamos o poder! E ainda ficamos lindas nas fotos! 😉

Vejinha

 

Para ler a reportagem, clique aqui.

Crie o site do seu Neném

Sobre Gabi Sallit

Gabriella Sallit virou Gabi ainda pequenininha. E, para não ter um filho que tivesse que explicar a vida inteira a grafia do seu nome (aprendeu a falar "meu Gabriela é com 2 Ls" antes de papai e mamãe), escolheu um nome pequenininho para o seu filhote. João está começando a falar e já escolheu como prefere ser chamado: Jão!

VENHA, e CONECTE-SE COM A VILA!

Receba as novidades em primeira mão!

Esta entrada foi publicada em Imprensa, Lembranças, Parto e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Tomamos o poder! Estamos na Vejinha.

  1. E assim, aos pouquinhos vamos dominando o mundo rs. Parabéns Gabi, cada vitória é um grande avanço. Pensar que esta revista vai estar nas salas de espera de muitos GOs fofinhos, fazendo suas pacientes lerem e pensarem… “E pq eu também não posso”. Ahhh, delícia pensar nisso!!!!

  2. valeria rezende disse:

    Que legal Gabi.Linda foto.Aproveito pra desejar a vc e a sua família um feliz e abençoado 2015 com muito amor, saúde, coragem e muita inspiração pro blog.Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>