REFLETINDO SOBRE OS BRINQUEDOS

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Ontem foi dia de passear por lojas especializadas em brinquedos educativos. Uma delícia de passeio! Eu amo brinquedos e amo brincar com meu filho. Além disso, sou apaixonada por brinquedos à moda antiga. Brinquedos de madeira, bonecas de pano, marionetes, fantoches… Todos esses brinquedos, que nos remetem a uma infância mais imaginativa, realmente fazem a minha cabeça. Não que aqui em casa não entrem aqueles que são mais comerciais. É claro que eles entram (nem tem como impedir), mas eu procuro incentivar bastante o contato do meu filho com formas menos “modernas” de diversão.

Fico um pouco angustiada quando vejo crianças muito passivas, diante desses brinquedos que parecem brincar por elas. O mesmo acontece com a televisão, que eu também tento evitar, na medida do possível. Brincar é absolutamente fundamental para o desenvolvimento saudável dos pequenos. É brincando que eles aprendem a se relacionar com o mundo. Por isso gosto de ver criança no chão, criando, explorando. Afinal, a infância passa rápido e o tempo que eles têm para descobrir o mundo, sem preocupações, é agora.

Assim como tudo na vida, essas escolhas exigem um equilíbrio. É importante que as crianças tenham contato com diversos tipos de estímulo e que, aos poucos, possam ir conhecendo um pouco de tudo aquilo que fará parte da vida delas. Acho que o segredo está na dose de cada coisa.

Pensando sobre isso tudo, durante o passeio, lembrei de um vídeo (que assisti, um tempo atrás) e achei que seria bacana compartilhar, por aqui. É um vídeo no qual a educadora e ativista, Susan Linn, fala sobre o excesso de brinquedos e a importância do brincar e propõe reflexões importantes, a respeito do tema. Vocês podem assistir, abaixo.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>