3 anos de Mulheres Empoderadas


mudançasHoje o Blog Mulheres Empoderadas completa 3 anos!

E quanta coisa aconteceu nestes 3 anos!

Nasceu uma mulher empoderada que aprendeu que pode muito mais do que um dia imaginou.

Nasceu uma mãe diferente, que aprendeu sobre a criação com apego, sobre sling, sobre cama compartilhada, sobre exterogestação.

Uma mãe que voltou a trabalhar e NUNCA deu um leite artificial para sua filha, e por  isso passava 2 horas por dia ordenhando, pra deixar o leitinho pra ela tomar.

Morreu uma executiva e nasceu uma ativista.

Nasceu uma Doula. Eu, que sempre tinha pessoas disponíveis pra mim, para atender às minhas necessidades, aprendi a me doar, a estar disponível, a atender às necessidades de outras mulheres.

E não pude mais negar ao chamado. E então, empurrei a minha  VACA no PRECIPICIO, e embora o leite desta vaca ainda faça muita falta, aprendi (aprendemos na verdade) a viver sem esse leite. Nasceu em mim a vontade de aprender mais, de voltar a estudar. Prestei obstetrícia e estou gestando uma parteira! Vai ser uma gestação longa, uns 7 anos talvez, minha 5a e ultima gestação. Será?

Foram tantos aprendizados nestes três anos….

O reconhecimento veio no ano passado quando poderia imaginar, que um projeto tão despretensioso ficaria em 2o lugar na categoria saúde de um dos prêmios mais disputados pela blogosfera brasileira? Sim, aconteceu!

logo-setembro2012

 

E veio novamente este ano. Quando recebemos o convite para mudar de casa. Morar numa Vila tão especial.


Falem a verdade? É pra eu estar mesmo chorando agora, ou serão apenas peças dos hormônios que banham meu corpo e meu
4o bebê, que está sendo gestado desde outubro? Um portal lindo, com vizinhos maravilhosos, onde me sinto em casa.  Uma casa onde as mulheres conhecem a própria força. 

 

E o que vem pela frente? Ahhhh…. vamos escrever junt@s cada capítulo dessa história que ainda não terminou! 🙂

Obrigada, do fundo da alma e do coração, a todos vocês que sempre visitam nossa casa. São vocês que me inspiram a continuar sempre!


sobre Gisele Leal

Sou Bióloga, formada pela Puc Campinas em 1997.
Minha primeira filha, Beatriz, nasceu em 1998, e m 2007 nasceu o Arthur ambos de prováveis cesáreas desnecessárias.
Em 2010 me vi grávida novamente, e inconformada com a notícia de que teria que agendar minha cesárea. Busquei informações, me preparei, me empoderei e assim, nasceu Catharina de um parto natural maravilhoso após 2 cesáreas, após 42 horas de bolsa rota e com parteira e doula num hospital em São Paulo.
A experiência do parto mudou minha vida. Em apenas um mês do nascimento da Catharina escrevi um livro e publiquei o blog Mulheres Empoderadas.
Menos de um ano após, larguei carreira de 14 anos na indústria onde eu atuava como gerente de qualidade, e vivia dividida entre as pontes aéreas e viagens internacionais e minha família. Então me capacitei como Doula pela ANDO – Associação Nacional de Doulas em abril de 2011, embora já acompanhasse eventualmente a gestação e parto de amigas e primas desde Outubro/2010, tamanha era a minha vontade de estar nesse meio.
Ainda em 2011, inconformada com o modelo de assistência obstétrica no nosso país, reuni doulas, parteiras, mães e simpatizantes do movimento de humanização e juntas fundamos o MAHPS – Movimento de Apoio á Humanização do Parto em Sorocaba, elaborei o projeto Doula Social para ser implementado no SUS e comecei a atuar voluntariamente em um hospital público de Sorocaba.
Em apenas 14 meses de MAHPS, idealizei e coordenei a organização de 2 encontros voltados à Humanização do Parto e Nascimento e um Encontro Nacional de Parteria Urbana, além de mais de 22 encontros do grupo de apoio à gestantes.
Em 2012 fiz o curso de Formação em Parto Ativo com a Janet Balaskas, inglesa, precursora do conceito Parto Ativo e ingressei no curso de Obstetrícia da USP.
Em julho de 2013 nasceu a Sophia, em casa nas mãos do pai, cercada pelos irmãos. Diferente da história da Catharina que foi uma história de empoderamento e superação, o parto de Sophia foi uma história de entrega, fé e aceitação.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *